SÃO PAULO - Os legisladores russos pediram hoje ao presidente do país, Dmitri Medvedev, que reconheça a independência das duas regiões separatistas da Geórgia, Abkhazia e Ossétia do Sul.

Nem Moscou nem a Organização das Nações Unidas (ONU) reconhece atualmente essas áreas como independentes. Apesar de possuírem laços econômicos, apoio diplomático e proteção militar dos russos, nenhum Estado estrangeiro aceitou a independência de Abkhazia e da Ossétia do Sul.

No dia 7 de agosto, tropas da Geórgia atacaram separatistas na Ossétia do Sul, levando a Rússia a reagir e invadir a Geórgia. Na sexta-feira da semana passada, os russos começaram a retirar seus soldados do território invadido.

Por meio de porta-voz, a Casa Branca reiterou que Moscou deve respeitar a integridade territorial e a soberania da Geórgia.

(Valor Online, com agências internacionais)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.