Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Leasing avança 135% até agosto e faz juros do CDC de veículos cair

BRASÍLIA - A expansão do leasing mais barato fez com que a taxa média do financiamento tradicional a veículos fosse a única a recuar em agosto, no segmento de crédito a pessoas físicas. O volume de leasing tomado pelas famílias cresceu 135,3% em 12 meses até agosto, ante 31,8% do crédito bancário total.

Valor Online |

Dados do Banco Central (BC) apontam que, enquanto o custo geral dos empréstimos crédito se amplia com a contínua puxada do juro básico (Selic) desde abril, a taxa média do crédito direto ao consumidor (CDC) para a compra de veículos caiu 0,2 ponto percentual em agosto, para 33,3% ao ano.

Em volume, a alta mensal dessa modalidade foi de 4,5%, com o estoque atingindo R$ 51,25 bilhões. O montante é superior ao saldo do leasing tomado por empresas, que apurou R$ 50,22 bilhões, variação sobre julho também de 4,5%, mas acumulando 75,4% em 12 meses ante 135,3% da evolução do leasing para famílias.

Amostra coletada pela autoridade monetária com base nos registros de dívidas bancárias (acima de R$ 5 mil), em julho ante março deste ano, aponta aumento de R$ 21,9 bilhões nas concessões de leasing. Enquanto o CDC veículos teve retração de R$ 2,4 bilhões no período.

Citando dados da Associação Brasileira das Entidades de Leasing (Abel) até julho, o BC informou que as pessoas físicas respondem por 65,8% das operações globais de leasing no ano, enquanto 8,6% foram para o setor de serviços, 7,8% para a indústria e 1,1% para o comércio.

O levantamento aponta também que 88,7% do leasing é contratado para aquisição de veículos, e 10,1% para máquinas e equipamentos (bens de capital) das empresas.

(Azelma Rodrigues | Valor Online)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG