Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Lanxess demite 50 funcionários e corta terceirizados

SÃO PAULO - De olho nos efeitos da crise econômica sobre a demanda por seus produtos, a empresa do setor químico Lanxess informou hoje que cortou 50 vagas na fabricante de borrachas Petroflex, companhia cujo controle foi adquirido em abril do ano passado. A demissão atinge 10% da atual força de trabalho da Petroflex, que tem fábricas em Duque de Caxias (RJ), Cabo de Santo Agostinho (PE) e Triunfo (RS).

Valor Online |

Além das demissões dos empregados formalmente contratados, a Lanxess disse ainda que as medidas de redução de custos vão gerar a dispensa de 350 funcionários terceirizados.

"Em vista da crise econômica global, estamos realizando os alinhamentos necessários na Petroflex e implementando nosso programa contínuo de eficiência", disse Marcelo Lacerda, presidente da Lanxess no Brasil.

(Valor Online)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG