Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Lamy concorrerá à reeleição como diretor-geral da OMC

Genebra, 4 nov (EFE).- O diretor-geral da Organização Mundial do Comércio (OMC), Pascal Lamy, anunciou hoje que concorrerá à reeleição, sem parar de, segundo ele, fazer esforços invessantes para conseguir concluir a Rodada de Doha ainda neste ano.

EFE |

Em carta ao presidente do Conselho Geral da instituição, Bruce Gosper, Lamy, cujo mandato expira em 31 de agosto de 2009, afirma que "nos últimos três anos fez o máximo" para conseguir reforçar o multilateralismo dentro da OMC e assegurar que o comércio ajude o desenvolvimento dos países mais pobres.

No entanto acredita que "ainda há muito por fazer", especialmente concluir a Roda de Doha, pelo que se mostra "preparado" para assumir um segundo mandato.

Segundo as normas da OMC, o diretor-geral deve informar o presidente do Conselho Geral de que tentará a reeleição antes que comece o processo geral de apresentação de candidaturas.

Os demais candidatos poderão se apresentar durante todo o mês de dezembro.

Posteriormente, terão três meses para "se fazerem conhecer" entre os membros e, em abril e maio, se realizará o processo de seleção.

O anúncio de Lamy ocorre em paralelo aos esforços que realiza para poder relançar a Rodada de Doha, um processo que muitos dão por morto. EFE mh/jp

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG