O Banco Central do Kuwait anunciou que estuda um projeto de lei para garantir os depósitos bancários, um dia após uma reunião dos ministros de finanças dos seis países que integram o Conselho de Cooperação do Golfo, na qual foi reforçada a idéia de que os bancos da região não sofrem com os problemas da crise de liquidez. A proposta de garantia dos depósitos bancários foi motivada pelo declínio na bolsa local, que fechou em baixa de 3,5% após o banco central ordenar a suspensão das negociações dos papéis do Gulf Bank.

O Gulf Bank informou às autoridades que sofreu perdas após alguns clientes que tiveram prejuízo com negociações de derivativos de câmbio se recusarem a cobrir as obrigações. As negociações das ações do banco devem permanecer suspensas até que seja concluída uma investigação sobre o assunto, de acordo com as autoridades.

Uma fonte do setor bancário estimou que as perdas do Gulf Bank foram de até 200 milhões de dinares (US$ 749 milhões).

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.