O grupo americano Eastman Kodak anunciou nesta quinta-feira que vai reduzir sua folha de funcionários em até 18% depois de ter registrado uma queda em suas vendas no fim do ano.

O grupo, que não acompanhou a transição para o sistema de foto digital como fizeram seus concorrentes, reduzirá entre 3.500 e 4.500 o número de seus efetivos no mundo, incluindo quadros de direção.

A Kodak acrescentou que este ano não concederá aumentos salariais, com exceçao nos países em que isso for obrigatório por lei.

fga/cn

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.