Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Kodak anuncia prejuízo e corte de até 4,5 mil empregos

Nova York - A Eastman Kodak passou para prejuízo no quarto trimestre de 2008 por causa do forte declínio nas vendas e anunciou planos de eliminar entre 3,5 mil e 4,5 mil empregos, ou de 14% a 18% da mão-de-obra, este ano. A maioria das demissões, que incluem posições executivas, deverá ser concluída no primeiro semestre de 2009, resultando em até US$ 300 milhões em encargos e cerca de US$ 350 milhões em economia anual.

Agência Estado |

A empresa informou ainda que não haverá aumento de salário este ano, a não ser o que for exigido pela lei ou por acordos locais. Executivos no mundo não receberão qualquer pagamento este ano do programa de pagamento variável ou do programa de ações para executivos de liderança.

A empresa registrou prejuízo líquido preliminar de US$ 137 milhões, ou US$ 0,51 por ação, no quarto trimestre, ante lucro líquido de US$ 215 milhões, ou US$ 0,71 por ação, no mesmo período do ano anterior. Os resultados mais recentes incluem US$ 0,42 por ação de encargos com reestruturação, enquanto o resultado do ano anterior inclui US$ 0,05 por ação de encargos.

As vendas líquidas despencaram 24%, para US$ 2,43 bilhões. Analistas consultados pela Thomson Reuters esperavam lucro de US$ 0,21 por ação e receita de US$ 2,81 bilhões. Os resultados são preliminares porque a Kodak ainda está determinando as baixas contábeis que fará em ativos intangíveis. As informações são da Dow Jones.

Leia mais sobre: Lucros

Leia tudo sobre: lucro

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG