Rio de Janeiro, 25 fev (EFE).- A Klabin, maior produtora, exportadora e recicladora de papel do país, informou hoje que fechou 2009 com lucro líquido de R$ 333 milhões, com o que reverte o prejuízo milionário do ano anterior.

Uma das empresas do país mais prejudicadas pela crise econômica global, a Klabin teve em 2008 perdas de R$ 349 milhões.

De acordo com um comunicado enviado a acionistas, a Klabin obteve no ano passado receita líquida de R$ 2,96 bilhões, uma redução de 4% em comparação com 2008.

O resultado bruto de exploração (Ebitda) no ano passado foi de R$ 747 milhões, valor 3% superior ao de 2008.

As vendas totais da empresa, em volume, ficaram em R$ 1,544 milhão, queda de 2%. Enquanto as vendas no mercado interno cresceram 3%, as destinadas ao exterior caíram 11%.

Apesar dos resultados operacionais inferiores aos de 2008, a Klabin conseguiu reverter as perdas graças aos grandes resultados financeiros do ano passado.

A adesão a um programa do Governo para reduzir dívidas fiscais permitiu à empresa reduzir suas obrigações com o Estado de R$ 862 milhões para R$ 335 milhões.

A dívida bruta da Klabin caiu de R$ 5,4 bilhões no final de 2008 a R$ 4,6 bilhões em dezembro passado.

A redução foi provocada principalmente pela desvalorização de perto de 25% do dólar em relação ao real no ano passado.

A dívida da Klabin em moeda estrangeira equivale a 53% do total.

EFE cm/rr

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.