Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Kirchner lança pacote de obras públicas de US$ 21 bilhões contra crise

A presidente argentina, Cristina Kirchner, anunciou o lançamento de um megaplano de obras públicas de 21 bilhões de dólares, como parte de um pacote destinado a enfrentar a crise financeira global, em um encontro com empresários nesta terça-feira à noite.

AFP |

"Em 15 de dezembro, lançaremos o plano de obras públicas mais ambicioso de que se tem memória no país por uma cifra superior a 71 bilhões de pesos (21 bilhões de dólares)", disse a presidente, no encerramento da reunião anual da Câmara da Construção.

Kirchner ratificou sua certeza de que o Estado deve intervir em situações de crise para articular respostas, com empresários e trabalhadores, diante da grave situação mundial.

Ela se mostrou confiante no potencial de geração de empregos dessa iniciativa.

"Há obras que demandam (o uso intensivo) de mão-de-obra. Obras que vão significar passar dos 362 mil trabalhadores que o setor da construção tem atualmente para quase 770 mil empregos", destacou a presidente.

Segundo ela, 41% dos postos de trabalho na construção provêm das obras públicas, por isso, o plano "será um instrumento mais do que idôneo para um momento excepcional, que demanda respostas excepcionais".

Kirchner insistiu em que ninguém poderá enfrentar essa crise sem o acompanhamento do Estado e ressaltou que a situação também é uma "imensa oportunidade, porque a Argentina produz matérias-primas das quais o mundo vai continuar precisando".

O setor de construção foi um dos motores do vigoroso crescimento econômico do país sul-americano, cujo Produto Interno Bruto (PIB) aumentou 8,8%, em 2003; 9,0%, em 2004; 9,2%, em 2005; 8,5%, em 2006; e 8,7%, em 2007.

jos/tt

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG