Tamanho do texto

SÃO PAULO - O desembargador Alceu Penteado Navarro, corregedor regional eleitoral do Estado de São Paulo, suspendeu a veiculação de mais uma propaganda partidária do PT paulista no rádio e na TV. Navarro acolheu representação do PSDB, que alegou que a inserção configurava propaganda eleitoral antecipada. Segundo o corregedor, a peça ultrapassa os limites do artigo 45 da Lei nº 9.

096/95, que trata da propaganda partidária gratuita.

Na peça, o senador Aloízio Mercadante (PT-SP) aparece dizendo "que, depois de tanto tempo, já é hora de São Paulo também dar ao PT a chance de governar todos os paulistas".

O juiz entendeu que houve promoção pessoal, uma vez que Mercadante é um dos nomes cotados no partido para concorrer ao governo paulista nas eleições de outubro.

Ontem, Navarro suspendeu pelos mesmos motivos a peça na qual o presidente Luiz Inácio Lula da Silva faz uma série de elogios à ministra da Casa Civil e pré-candidata do PT à Presidência, Dilma Rousseff.

(Fernando Taquari | Valor)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.