Tamanho do texto

Um tribunal de justiça americano proibiu o grupo MGA de fabricar e vender a boneca Bratz, dando razão assim à demanda da Mattel que garantir os direitos legais sobre este produto, segundo o texto da decisão judicial publicado nesta quinta-feira.

O juiz Stephen Larson do tribunal de Riverside (Califórnia) respondeu favoravelmente nesta quarta-feira a uma demanda da Mattell para impedir que a MGA comercialize sua boneca, o que prejudica as vendas da famosa Barbie, da Mattel.

Em meados de julho, o tribunal federal de Riverside havia dado razão a Mattel, que afirma que o desenhista Carter Bryant concebou a boneca Bratz quando trabalhava na Mattel, entre 1999 e 2000.

maj/cn