Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Juros avançam com investidor confiante em alta forte da Selic

Antes do anúncio da decisão do Comitê de Política Monetária do Banco Central, ontem, o mercado de juros fez os últimos ajustes nas taxas futuras. Os investidores ainda estavam divididos sobre a magnitude do aperto monetário, mas davam maior probabilidade ao aumento de 0,75 ponto porcentual na taxa Selic do que à aposta de 0,50 ponto.

AE |

Antes do anúncio da decisão do Comitê de Política Monetária do Banco Central, ontem, o mercado de juros fez os últimos ajustes nas taxas futuras. Os investidores ainda estavam divididos sobre a magnitude do aperto monetário, mas davam maior probabilidade ao aumento de 0,75 ponto porcentual na taxa Selic do que à aposta de 0,50 ponto. Traduzindo a percepção de que o BC promoverá um ciclo de ajuste mais concentrado e mais curto, aliviando as pressões inflacionárias no futuro, os juros de curto prazo avançaram, enquanto as taxas longas cederam. O juro para junho de 2010 subiu a 9,28%; e para janeiro de 2011, a 10,89%. A taxa de janeiro de 2012 ficou em 12,19%; e, para janeiro de 2014, recuou a 12,58%. No mercado de câmbio, os investidores davam como certa a elevação da taxa Selic pelo Copom durante a sessão, o que combinado com a decisão do Federal Reserve (Fed) dos EUA de manter a taxa de juros entre zero e 0,25% resultaria em aumento do diferencial de juros interno e externo. Isso elevou a expectativa de entrada de recursos externos no País e amparou vendas da moeda norte-americana, O dólar à vista caiu 0,79%, a R$ 1,7510. No segmento de ações, as principais bolsas europeias amargaram nova rodada de quedas em meio ao rebaixamento da nota soberana da Espanha pela Standard & Poors. Contudo, nos EUA o Índice Dow Jones subiu 0,65% e ajudou a sustentar os ganhos da Bovespa, de 0,22%, aos 66.655,71 pontos. Em Nova York, os investidores retomaram compras em meio a balanços corporativos favoráveis e após o Fed melhorar sua avaliação sobre a economia.

Leia tudo sobre: iG

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG