Pelo quarto mês consecutivo, as taxas médias dos juros do cheque especial e de empréstimo pessoal mantiveram-se estáveis. Divulgada nesta segunda-feira, pesquisa realizada pela Fundação Procon de São Paulo sobre as duas modalidades de crédito mostra que em abril a taxa média do cheque especial repetiu a observada em março, de 8,79% ao mês (174,74% ao ano).

Pelo quarto mês consecutivo, as taxas médias dos juros do cheque especial e de empréstimo pessoal mantiveram-se estáveis. Divulgada nesta segunda-feira, pesquisa realizada pela Fundação Procon de São Paulo sobre as duas modalidades de crédito mostra que em abril a taxa média do cheque especial repetiu a observada em março, de 8,79% ao mês (174,74% ao ano). O empréstimo pessoal ficou em 5,17% ao mês, ou 83,06% ao ano.<p><p>Os porcentuais de cheque especial apurados pelo Procon-SP junto às instituições pesquisadas variaram em abril de 6,75% (Caixa) a 12,30% (Safra). As taxas relativas ao empréstimo pessoal, por sua vez, estenderam-se no intervalo de 4,39% (Caixa) a 5,86% (Itaú Unibanco).<p><p>O Procon-SP esclarece que os dados usados no levantamento referem-se a taxas máximas prefixadas para pessoas físicas. Para o cálculo no cheque especial, foi considerado o período de 30 dias, enquanto para o empréstimo pessoal foi levado em conta um contrato de 12 meses. A instituição observa a possibilidade de as taxas de juros aumentarem nos próximo meses. "Os bancos estão aguardando os novos rumos da política monetária", comentou o Procon-SP, em nota.<p><p>De acordo com o Procon, o mercado já considera a possibilidade de uma elevação da taxa básica de juros na próxima reunião do Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central (BC), nos dias 27 e 28 de abril. "É consenso a necessidade de elevar os juros para conter a inflação e que isso deve ocorrer em abril", aponta nota da fundação. Na última reunião do Copom, em 16 e 17 de março, a taxa Selic foi mantida, por 5 votos a 3, em 8,75% ao ano, nível em que está desde julho do ano passado.
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.