Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Juro bancário médio sobe 2,5 pontos em outubro, para 42,9% anuais

BRASÍLIA - A taxa média de juros bancários teve alta de 2,5 pontos percentuais, saindo de 40,4% em setembro para 42,9% no mês de outubro. Esse percentual corresponde à média das taxas cobradas em operações prefixadas, pós-fixadas e flutuantes, com pessoas físicas e jurídicas. O relatório foi divulgado nesta terça-feira pelo chefe do Departamento Econômico (Depec) do Banco Central, Altamir Lopes.

Redação com agências |

Tomando-se apenas as operações prefixadas, a taxa média registrou elevação de 2,4 pontos percentuais, chegando em 51% no mês de outubro. Para pessoa física, os juros tiveram alta de 1,7 ponto percentual, a 54,8%. A taxa média para pessoa jurídica foi de 28,3% para 31,6%, um acréscimo de 3,3 pontos.

O spread, ou ganho dos bancos com a diferença entre as taxas de aplicação e de captação, avançou 2 pontos, a 28,4% em outubro, também considerando a média das três modalidades de juros para financiamento.

Os bancos elevaram a taxa geral de captação em 0,5 ponto percentual, para 14,5%. O número reflete uma alta de 3,8 pontos porcentuais para pessoa física e de 0,5 ponto porcentual para pessoa jurídica.

Crédito

Altamir Lopes afirmou também que as concessões de novos financiamentos em novembro até o dia 12, com oito dias úteis, tiveram alta de 5,7% no geral, na comparação com os oito primeiros dias úteis de outubro. Na pessoa física, a expansão foi de 14,8% e na pessoa jurídica, 1,2%.

Na mesma base de comparação, o volume de crédito cresceu 2,5% este mês até o dia 12 ante igual período do mês passado. No segmento pessoa física, o crescimento foi de 2,8% e para a pessoa jurídica, 2,3%.

(Com Valor Online)

Leia mais sobre juros

Leia tudo sobre: juros

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG