As medidas anunciadas por vários países europeus para apoiar o setor financeiro terá um impacto positivo nos mercados a médio prazo, afirmou o presidente de Eurogrupo, Jean-Claude Juncker.

Os países europeus que anunciaram planos de ajuda aos bancos pretendem disponibilizar até dois trilhões de euros, um valor "que vai impressionar os mercados financeiros", declarou o premier de Luxemburgo em entrevista à rádio alemã Deutschlandfunk.

"Teríamos que deixar de olhar para as cotações da Bolsa como o rato olha para o gato e pensar a médio prazo", acrescentou.

Depois de duas sessões de euforia, as Bolsas mundiais voltaram a desabar na quarta-feira. Nesta quinta-feira, os mercados asiáticos fecharam em fortes baixas e a Europa opera em queda.

mtr/fp

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.