Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

JPMorgan registra lucro em baixa, mas melhor que o previsto pela empresa

O banco americano JPMorgan Chase registrou no segundo trimestre um lucro líquido em forte queda, afetado pelas novas desvalorizações dos ativos, assim como por um gasto extra ligado à compra do Bear Stearns, mas o resultado foi melhor que o esperado pelos analistas.

AFP |

O lucro líquido atingiu US$ 2 bilhões, em queda de 53% em relação ao mesmo período de 2007, segundo um comunicado publicado nesta quinta-feira.

Por ação, o ganho foi de US$ 0,54, muito mais que o previsto pelos analistas (US$ 0,44).

O recuo do resultado é atribuído a um gasto extra de US$ 540 milhões pela compra do banco de negócios Bear Stearns, fechada no fim de maio.

O diretor financeiro Mike Cavanagh afirmou que a aquisição do Bear Stearns, à beira da falência, resultaria em encargos extras de aproximadamente US$ 500 milhões nos próximos trimestres.

Cavanagh também disse que o JPMorgan Chase vai manter 7.000 dos 14.000 funcionários do Bear Stearns.

O mercado recebeu bem as notícias do banco: a ação JPMorgan Chase subia 4,76% nas trocas eletrônicas anteriores ao pregão da Bolsa de Nova York.

tu/lm

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG