#145;desequilíbrio hormonal #146; - Home - iG" /
Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Jobs atribui magreza a #145;desequilíbrio hormonal #146;

O fundador e presidente da Apple, Steve Jobs, sobrevivente de um câncer no pâncreas, informou ontem que um desequilíbrio hormonal é o responsável pela perda de peso que tem provocado temores sobre sua saúde. Jobs, de 53 anos, disse em carta aberta que sua magreza era um mistério até poucas semanas, mas sofisticados exames de sangue confirmaram um desequilíbrio hormonal que roubava as proteínas de que o meu sangue precisa para ser saudável.

Agência Estado |

Jobs acrescentou que se submeterá a um tratamento "relativamente simples" e continuará à frente da Apple.

As especulações sobre sua saúde surgiram em 2008, quando Jobs foi ficando cada vez mais magro. Os temores aumentaram depois que a Apple, sediada em Cupertino, Califórnia, informou, em dezembro, que Jobs não faria seu habitual discurso anual, hoje, na Macworld Conference, em San Francisco.

Oficialmente, a Apple disse que Jobs não subiria ao palco porque este ano a companhia fará seu último comparecimento na mostra, que é realizada por outra companhia, o IDG, grupo de tecnologia de mídia. Em vez de Jobs, a Apple informou que Phil Schiller, um executivo de marketing, faria a apresentação.

Embora alguns analistas previssem que a Macworld ajudaria a Apple a mostrar que pode levar adiante sua estratégia de longo prazo sem Jobs, outros questionaram a viabilidade da companhia sem o homem que enfatizou os princípios de design que geraram importantes produtos tecnológicos, como o iPod e o iPhone.

Os investidores ficaram muito satisfeitos com os esclarecimentos. As ações da Apple subiram ontem US$ 3,83, ou 4,22%, para US$ 94,76, na bolsa eletrônica Nasdaq. Mas o anúncio não deve acabar com as especulações, a não ser que a Apple informe mais detalhes, disse o analista Brian Marshall, da AmTech Research. Ele acredita que, este ano ainda, Jobs deixará o cargo de presidente.

Em sua carta de ontem, Jobs disse: "Serei o primeiro a me levantar e a anunciar ao nosso conselho de diretores que não posso mais continuar cumprindo minhas obrigações como CEO da Apple." Entretanto, não ficou claro se o problema hormonal é uma decorrência do tratamento contra o câncer ou se tem outra origem. "O remédio para este problema de nutrição é relativamente simples, descomplicado, e já comecei o tratamento", acrescentou. "Meus médicos acreditam que, dentro de poucos meses, terei recuperado o peso."

O conselho da companhia divulgou separadamente um comunicado afirmando: "A Apple tem muita sorte por ter Steve como líder e CEO; ele merece nosso apoio total e inabalável durante a sua recuperação. E com certeza, ele o tem da Apple e do seu conselho." Jobs anunciou em 2004 que havia se submetido com sucesso a uma cirurgia para tratar de uma forma de câncer rara, porém, curável. As informações são do jornal O Estado de S.Paulo.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG