Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Jobim: governo incentivará aviação regional e para a AL

Depois de quatro horas de reunião do Conselho Nacional de Aviação Civil (Conac), o ministro da Defesa, Nelson Jobim, anunciou hoje que o governo adotará medidas para estimular a aviação regional, com abertura de linhas entre capitais e cidades de médio porte, e também para aumentar os vôos do Brasil para países da América Latina. Para incentivar os vôos internos, três medidas deverão ser adotadas.

Agência Estado |

Uma delas é a fixação de cláusulas de barreira, que impediriam as empresas nacionais de atuarem em linhas já exploradas por uma empresa regional; outra é a idéia da suplementação tarifária, pela qual a União usaria recursos do Orçamento para subsidiar parte da tarifa dos vôos considerados estratégicos para o interior; a terceira medida, a ser discutida com os governos estaduais, seriam as desonerações, principalmente redução de cobrança de ICMS sobre o combustível dos aviões.

Para estimular os vôos para países da América Latina, Jobim anunciou que o governo pretende reduzir as tarifas de embarque, que hoje são de US$ 36,00. Jobim disse que também serão estudadas medidas para estimular a criação de mais vôos diretos do Brasil para Lima (Peru), La Paz (Bolívia) e Quito (Equador).

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG