SÃO PAULO - O movimento de alta no preço do boi poderá criar novas oportunidades de aquisições no Brasil para o grupo JBS a partir de 2009, disse hoje seu presidente Joesley Mendonça Batista. Segundo ele, com o boi mais caro, a tendência é de redução nas margens de ganho dos frigoríficos, o que pode torná-los alvo de aquisições.

Após uma série de compras no Brasil, o JBS encontrou no exterior as melhores oportunidades de aquisições, incorporando frigoríficos que tinham margens muito reduzidas, próximas de zero. Nossa intenção é comprar empresas com margens baixas, para que possamos melhorar sua produtividade e elevá-las, disse o executivo.

Depois de diversas aquisições, muito se falou no mercado sobre o crescimento do endividamento do JBS. Batista garante, no entanto, que os níveis já estão melhorando, assim como as margens de ganho das empresas adquiridas no exterior.

Diante disso, a empresa já havia admitido a possibilidade de voltar às compras em 2009, o que permanece nos planos, segundo executivo. Ele, no entanto, preferiu não revelar as empresas e nem os países que podem estar na mira do grupo.

(Murillo Camarotto | Valor Online)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.