Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

JBS terá ações negociadas em Nova York

SÃO PAULO - A JBS, maior exportadora de carne bovina do mundo, terá suas ações negociadas na Bolsa de Valores de Nova York (NYSE, na sigla em inglês). Em reunião realizada na sexta-feira, o conselho de administração aprovou a criação de um programa de American Depositary Receipt (ADR - instrumento que provê acesso de empresas estrangeiras ao mercado norte-americano) nível I, que permite a negociação dos ativos em mercado de balcão.

Valor Online |

Considerando a importante participação da JBS no mercado americano e sua grande comunidade de colaboradores, fornecedores e clientes, este passo representa uma oportunidade para aumento de liquidez, visibilidade e valorização das ações da JBS, disse o diretor de relações com investidores da companhia, Jeremiah O´Callaghan, por meio de comunicado.

Desde maio do ano passado, a empresa se tornou a maior empresa de carne bovina do mundo quando comprou a norte-americana Swift por US$ 1,4 bilhão. A JBS ampliou ainda mais sua presença nos EUA em março de 2008, com a compra da National Beef, negócio avaliado em US$ 970 milhões, e da Smithfield Beef Processing, por US$ 565 milhões.

Ainda de acordo com comunicado da JBS, a estrutura acionária não será alterada e operação não trará ônus aos acionistas minoritários. O programa de ADR, na avaliação da companhia, deverá estar instituído em outubro de 2008. O Bank of New York Mellon foi contratado como instituição depositária dos recebíveis.

(Valor Online)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG