Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Japão: superávit em conta corrente despenca 65,9%

O superávit em conta corrente do Japão caiu 65,9% em novembro, na comparação com o mesmo mês de 2007, basicamente devido a um declínio recorde das exportações do país, anunciou o Ministério das Finanças. A conta corrente, medida mais ampla do comércio do Japão com o resto do mundo, registrou em novembro, antes do ajuste sazonal, um superávit de 5,812 bilhões de ienes (US$ 65,189 milhões).

Agência Estado |

Segundo analistas, o resultado sugere que a segunda maior economia do mundo dificilmente sairá logo da recessão, porque as condições que cercam suas já combalidas exportações provavelmente vão piorar nos próximos meses. "Não há nada que se mostre agora como provável freio desta tendência", disse Hirokata Kusaba, economista do Instituto de Pesquisas Mizuho.

As exportações caíram 26,5% no ano - a maior retração já registrada - para 5,062 trilhões de ienes (US$ 56,79 bilhões), por causa do rápido enfraquecimento da demanda dos EUA, da Europa e da Ásia. A queda nas exportações de automóveis foi especialmente notável,afirmou um funcionário do governo.

O recuo de 65,9% foi maior do que os 63,1% previstos por economistas consultados pela agência Dow Jones e pelo jornal The Nikkei. Além disso, a contração marcou o nono mês consecutivo de declínio do superávit, na comparação com o mesmo mês de 2007.

As importações diminuíram 13,7% na mesma comparação, para 5,156 trilhões de ienes (US$ 57,786 bilhões) em novembro, como reflexo da queda dos preços do petróleo e da valorização do iene. As informações são da Dow Jones.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG