Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Japão lança pacote econômico superior a US$ 150 bi contra crise

Tóquio, 12 dez (EFE).- O primeiro-ministro do Japão, Taro Aso, anunciou hoje um novo pacote de estímulo econômico avaliado em 23 trilhões de ienes (US$ 254,382 bilhões) que se centrarão em ajudas ao mercado de trabalho e ações contra a crise de crédito, segundo a agência de notícias Kyodo.

EFE |

Este novo pacote, que inclui os fundos de estímulo anunciados no Japão no final de outubro, prevê uma despesa de 10 trilhões de ienes (US$ 110,99 bilhões) em medidas fiscais, que incluirão alojamento e várias ajudas aos trabalhadores que perderam seu emprego e sua casa pela crise.

O Governo somará, além disso, 1 trilhão de ienes (US$ 11,067 bilhões) para financiar um programa que permita aos Governos locais a criação de novas oportunidades de emprego.

O pacote, que inclui 13 trilhões de ienes (US$ 143,821 bilhões) para lutar contra a crise de crédito, servirá para aumentar a quantia dos fundos públicos reservados para ser injetados em instituições bancárias.

Assim, com as novas medidas anunciadas, os fundos públicos destinados a injeções de liquidez aumentarão de 2 a 12 trilhões de ienes (de US$ 22,126 a US$ 132,75 bilhões), para que bancos emprestem dinheiro às pequenas e médias empresas mais afetadas pela crise econômica, segundo Aso.

A injeção de capital através do sistema bancário japonês será possível graças à aprovação, ainda hoje na Câmara, de uma lei que possibilita as contribuições públicas.

Dentro do novo pacote de medidas, os 10 trilhões de ienes (US$ 110,699 bilhões) para medidas fiscais incluem os 6 trilhões de ienes (US$ 66,401 bilhões) do anterior pacote de estímulo anunciado Este plano anterior, anunciado em 30 de outubro, tinha como objetivo revitalizar a economia em forma de fundos para as famílias, empresas e Governos locais. EFE icr/rr

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG