O Banco do Japão (BoJ) anunciou nesta terça-feira a injeção de um trilhão de ienes (7,25 bilhões de euros) no sistema bancário do país, em mais uma tentativa de manter a liquidez no mercado em meio à crise financeira mundial.

O Banco Central japonês intervém no mercado pelo 15º dia útil consecutivo, mas as quantias destas intervenções são modestas em comparação às operações, quase diárias, do Banco Central Europeu (BCE) e do Federal Reserve (Banco Central americano).

A oferta do BoJ teve uma ampla resposta dos bancos, que pediram um total de 4,454 trilhões de ienes. O juros médio é de 0,686%.

O BoJ deve realizar uma nova injeção de dinheiro no mercado nesta terça-feira.

roc/LR

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.