Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Japão e Colômbia negociam pacto contra dupla tributação

Bogotá, 21 nov (EFE).- Os Governos de Colômbia e Japão se comprometeram hoje a iniciar o mais rápido possível as negociações rumo a um acordo de proteção ao investimento e um pacto para evitar a dupla tributação.

EFE |

O ministro das Relações Exteriores do Japão, Hirofumi Nakasone, assinalou hoje em entrevista coletiva em Bogotá, onde cumpre visita de dois dias, que a decisão de iniciar as negociações faz parte do impulso às relações econômicas entre os dois países no marco do centenário dos laços bilaterais.

"Também temos a intenção de começar o diálogo com as autoridades competentes para concluir o convênio da extensão da dupla tributação", disse o ministro japonês.

O chanceler colombiano, Jaime Bérmudez, ressaltou as negociações desse acordo que servirão "para buscar incentivos e um marco jurídico apropriado para fomentar o investimento, o comércio e também para promover o turismo".

Nakasone afirmou que como "parceiros transpacíficos" e durante a Presidência do Fórum de Cooperação Econômica Ásia-Pacífico (Apec), que o Japão assumirá em 2010, "apoiará" o ingresso da Colômbia na organização.

Além disso, ressaltou a "notável melhoria na segurança pública e o crescimento econômico sob a liderança do presidente colombiano Álvaro Uribe".

"Como efeito de melhora da segurança no país, queremos fazer um chamado aos empresários japoneses para que ativem seus investimentos na Colômbia", especificou.

Nakasone reuniu-se também com Uribe e assinou dez convênios de cooperação, entre os quais se destaca a construção da biblioteca número 100 na Colômbia com apoio japonês.

Desde 1999, o Governo do Japão financiou a construção de uma centena de bibliotecas em 20 regiões colombianas com uma de mais de US$ 8 milhões e benefícios para mais de 1 milhão de pessoas. EFE fer/jp

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG