SÃO PAULO - O primeiro-ministro do Japão, Taro Aso, apresentou nesta quinta-feira um pacote no valor total de 26,9 trilhões de ienes (US$ 277 bilhões) para estimular a economia do país, sendo que 5 trilhões de ienes estão destinados a gastos públicos. O plano envolve corte de impostos, benefícios diretos aos consumidores e garantias de empréstimos para pequenos negócios, explicou o premiê durante conversa com a imprensa. Estamos enfrentando uma tempestade que acontece uma vez em cada cem anos, declarou Taro Aso sobre a crise atual. Ao mesmo tempo que o sistema financeiro do Japão continua relativamente sólido, certamente haverá impacto na economia real, acrescentou.

Ele notou que nesse tipo de situação, o governo precisa minimizar as inseguranças da população. "Não devemos temer a tempestade violenta nem ficarmos parados e deixar o tufão nos levar", comentou.

(Valor Online, com agências internacionais)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.