O primeiro-ministro japonês Taro Aso anunciou nesta quinta-feira um pacote de medidas para estimular a atividade da segunda maior economia mundial, por um valor total de 26,9 trilhões de ienes (277 bilhões de dólares).

Deste valor, cinco trilhões de ienes (347,5 bilhões de dólares) serão destinados aos gastos públicos.

O pacote inclui medidas de redução de impostos, de ajudas diretas aos consumidores e de empréstimos a pequenas empresas.

"A atual crise econômica mundial é um evento que acontece uma vez a cada século", declarou Aso em entrevista coletiva.

"Em situações deste tipo, é necessário aliviar a insegurança que as pessoas sentem. Não devemos temer esta violenta tempestade, mas não devemos nos limitar a ficar sem fazer nada enquanto a tufão nos arrasta", acrescentou o premier japonês.

hih/fp

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.