O primeiro-ministro do Japão, Taro Aso, anunciou nesta sexta-feira que as novas medidas de estímulo para a economia do país totalizarão 23 trilhões de ienes (US$ 255 bilhões).

A quantia se soma ao pacote de 26,9 trilhões de ienes (US$ 300 bilhões) anunciado em outubro.

Aso afirmou que o novo pacote inclui medidas fiscais, como a redução das taxas para proprietários de imóveis, e medidas de suporte financeiro, como garantias de empréstimos para empresas em dificuldades.

Leia mais sobre crise financeira

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.