SÃO PAULO - A Itaúsa anunciou hoje a renovação do seu programa de recompra de ações e estabeleceu os critérios para pagamentos de dividendos trimestrais. A Itaúsa, além de controlar a Duratex e a Elekeiroz é a principal acionista do Itaú e deverá compartilhar o controle do nova holding Itaú Unibanco com a família Moreira Salles.

O conselho de administração da empresa autorizou a recompra de 58 milhões de ações ordinárias e de 192 milhões de ações preferenciais até 9 de novembro de 2009. Em valores de hoje, este montante equivaleria a aproximadamente R$ 2,2 bilhões.

Este volume de papéis representa menos de 10% do total de 584.155.851 ações ordinárias e 1.968.052.079 ações preferenciais em circulação no mercado.

A Itaúsa disse ainda que adquiriu 28,7 milhões de ações PN no programa de recompra que vigorou entre 12 de novembro do ano passado e 10 de novembro deste ano. Deste total, 24.695.600 ações foram canceladas. A autorização no programa anterior era para recompra de até 52 milhões de ações ON e de 180 milhões de papéis PN.

Também hoje, o conselho de administração da Itaúsa determinou o pagamento trimestral de dividendos no valor de R$ 0,014 por ação.

O pagamento será feito no primeiro dia útil dos meses de julho, outubro, janeiro e abril. Terá direito a receber a remuneração o acionista que estiver registrado na base da empresa no último dia útil dos meses de maio, agosto, novembro e fevereiro, respectivamente.

O próximo pagamento de dividendo trimestral, portanto, será feito em 2 de janeiro de 2009, para os acionistas registrados no dia 28 de novembro deste ano.

A Itaúsa ressalta que poderá determinar pagamentos adicionais de dividendos intermediários, complementares ou adicionais com base nos balanços semestrais.

(Valor Online)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.