Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

ITAÚ fecha 2o tri com lucro líquido de R$2,041 bi

SÃO PAULO (Reuters) - O Itaú, segundo maior banco privado do país, registrou um lucro líquido de 2,041 bilhões de reais no segundo trimeste, levemente abaixo do lucro de 2,115 bilhões de reais registrado no mesmo período do ano passado. O prejuízo na venda de ações do Banco BCP por parte do banco BPI e a constituição de provisão para perdas relacionadas a planos econômicos que vigoraram no país durante a década de 1980 foram alguns dos fatores que geraram impacto negativo no resultado consolidado do banco, informou o Itaú em comunicado ao mercado nesta terça-feira.

Valor Online |

Os ativos totais da instituição somavam R$ 343,870 bilhões ao fim de junho frente aos R$ 255,417 bilhões registrados um ano antes, elevação de 34,6%. A carteira de crédito, incluindo avais e fianças, expandiu-se 41,3% em relação a igual período do exercício anterior, situando-se em R$ 148,1 bilhões.

No Brasil, a carteira de crédito livre, pessoa física, avançou 38,3% em relação a junho de 2007, atingindo R$ 62,3 bilhões e o segmento de micro, pequenas e médias empresas cresceu 66,2% em relação ao mesmo período do ano anterior, totalizando R$ 29,8 bilhões, informou o Itaú em nota.

O patrimônio líquido consolidado aumentou 14,3%, para R$ 30,341 bilhões, ante os R$ 26,545 bilhões em junho de 2007.

Apenas no segundo trimestre deste exercício, o Itaú verificou lucro líquido consolidado de R$ 2,041 bilhões, menor do que os R$ 2,115 bilhões obtidos em intervalo correspondente de 2007. O lucro recorrente foi de R$ 2,079 bilhões, comparável ao R$ 1,919 bilhão apurado um ano antes.

(Valor Online)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG