Em um comunicado divulgado nesta quinta-feira, a holding italiana Telco informou que vai se opor à decisão da Comissão de Valores Mobiliários (CVM) de que deve fazer uma Oferta Pública de Aquisição (OPA) para os minoritários da empresa de telefonia móvel brasileira TIM Participações. A Telco possui uma fatia de 24,5% na Telecom Italia, que, por sua vez, detém 81,3% das ações ordinárias da TIM Participações.

A TIM é a terceira maior operadora de telefonia móvel do Brasil e um dos principais mercados da Telecom Italia.

A compra das ações dos minoritários da TIM poderá custar aos acionistas da Telco até 500 milhões de euros (US$ 648,1 milhões), de acordo com estimativas de analistas. A Telco é uma holding formada pelos bancos italianos Intesa Sanpaolo e Mediobanca, pela seguradora Assicurazioni Generali, pela família Benetton e pela espanhola Telefónica.

Pela manhã, uma fonte havia afirmado que os acionistas da Telco tinham decidido apelar da decisão da CVM. As informações são da Dow Jones.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.