Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Italiana ENI prevê barril de petróleo a US$70

Por Paolo Biondi SAN MARTINO IN CAMPO, Itália (Reuters) - O diretor-executivo da Companhia Italiana de Petróleo (ENI) disse neste sábado que acredita que o preço do petróleo bruto pode chegar a 70 dólares o barril já que a demanda pelo produto diminuiu.

Reuters |

'Há condições para os preços baixarem para menos de 100 dólares o barril,' disse Paolo Scaroni, diretor-executivo da ENI, durante uma conferência.

Falando aos repórteres fora do encontro, ele afirmou: 'Acredito que logo o preço poderia baixar para 70, 75 dólares o barril.'

Scaroni disse que a demanda caiu quatro por cento recentemente na Europa e dois por cento nos Estados Unidos, com as duas regiões representando 40 por cento da demanda mundial.

O petróleo bruto nos Estados Unidos subiu 31 centavos na sexta-feira, passando para 101,18 dólares o barril depois de baixar para 100 dólares pela primeira vez desde o início de abril, devido ao receio causado pelas tempestades que assolam o país.

O preço do petróleo baixou cerca de 30 por cento do pico alcançado com o barril valendo mais de 147 dólares em meados de julho, com a diminuição na demanda e a recente valorização do dólar americano puxando o preço para baixo.

Mesmo com a decisão da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (OPEP) de diminuir a produção esta semana e o Departamento de Energia dos Estados Unidos anunciar queda em suas reservas de óleo bruto por causa do furacão Gustav, a diminuição da procura global por combustível pesou no preço do petróleo.

Scaroni também disse que o preço do gás, já atingido pela alta do petróleo, pode atingir seu pico no inverno.

'O gás segue o preço do petróleo com cerca de seis a nove meses de atraso. Portanto, no inverno, quando o consumo atinge o seu máximo, o preço também irá subir,' declarou.

(Por Marie-Louise Gumuchian)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG