O governo italiano anunciou nesta quarta-feira que pretende adotar as medidas necessárias para garantir a estabilidade do sistema bancário, segundo o ministério da Economia e Finanças.

"Com o objetivo de proteger o mercado dos ataques especulativos devido ao clima de incerteza no sistema financeiro internacional, o ministério da Economia e Finanças e o presidente do Banco Central se comprometem a adotar as medidas necessárias para garantir a estabilidade do sistema bancário", afirma um comunicado ministerial.

O anúncio foi feito depois que as cotações dos maiores bancos da Itália, UniCredit e Intesa Sanpaolo, foram suspensas nesta quarta-feira por quedas excessivas.

Paralelamente, o primeiro-ministro italiano, Silvio Berlusconi, advertiu que não vai tolerar os ataques especulativos contra os bancos do país.

O comunicado não especifica as medidas que o governo pode adotar.

Para o ministério, as tensões no mercado "são injustificadas, já que os principais bancos são sólidos e têm liquidez satisfatória".

bur-kv/fp

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.