Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Itália entra oficialmente em recessão ao confirmar segunda queda do PIB

Roma, 10 dez (EFE).- A economia italiana entrou oficialmente em recessão, com a confirmação definitiva hoje pelo Instituto Nacional de Estatística (Istat) da queda do Produto Interno Bruto (PIB) anualizado pelo segundo trimestre consecutivo.

EFE |

Em comunicado divulgado hoje, o Istat confirmou a estimativa de evolução da economia anunciada em 14 de novembro para o terceiro trimestre de 2008: uma queda de 0,9% em termos anualizados e de 0,5% do PIB com relação ao segundo trimestre de 2008.

Assim, a Itália acumula dois trimestres seguidos de retrocesso do PIB anualizado, já que, no segundo, caiu 0,4% em relação ao mesmo período de 2007, o que cumpre os requisitos que definem a recessão da economia.

Esta situação não era vista há 15 anos, quando foram registrados seis trimestres consecutivos de baixas entre 1992 e 1993.

A queda do PIB entre o terceiro e o segundo trimestre de 2008 é a pior já registrada pela economia italiana desde 1998, segundo o Istat.

Segundo as estimativas deste organismo, se o PIB se estagnasse no último trimestre do ano, a variação final ao término de 2008 seria de -0,3%.

As razões da queda, afirmou o Istat, são a redução das exportações (-1,6%), dos investimentos (-1,9%) e, em menor medida, do consumo final das famílias e empresas (-0,1%). EFE ddt/an

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG