Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Itália diz que não assinará documento apresentado em reunião do G-7

Roma, 10 out (EFE).- O ministro da Economia italiano, Giulio Tremonti, afirmou hoje que não assinará o documento proposto na reunião de ministros de Economia do Grupo dos Sete países mais Industrializados (G-7), reunidos em Washington para tratar sobre a situação econômica.

EFE |

"Se entrevê (no documento) um texto escrito ao velho estilo, como se não tivesse acontecido nada. Este texto nós não assinamos. Ou se apresenta um novo, com compromissos fortes, ou... bom, pensemos em convencê-los (a mudar a proposta)", declarou Tremonti, de Washington, para a televisão italiana "Rai Uno".

Os ministros do G-7 (Estados Unidos, Canadá, França, Reino Unido, Itália, Alemanha e Japão) se reúnem hoje em Washington em paralelo à Assembléia anual do Fundo Monetário Internacional (FMI) e do Banco Mundial, e serão recebidos amanhã pelo presidente dos Estados Unidos, George Bush.

Por outra parte, Tremonti disse que os bancos "têm dinheiro" e devem colocá-lo "à disposição das empresas, em função de sua confiança", e anunciou que a Itália poderia tomar decisões para melhorar o acesso ao crédito das empresas. EFE ddt/ma

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG