Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Islândia anuncia acordo preliminar de US$ 2 bi com o FMI

O governo da Islândia anunciou hoje que chegou a um acordo preliminar com uma missão do Fundo Monetário Internacional (FMI) para um programa amplo de estabilização financeira. O programa será apoiado por um crédito de 1,4 bilhão de Direitos Especiais de Saque (SDR, na sigla em inglês), equivalente a US$ 2 bilhões, dentro de um programa stand-by de dois anos.

Agência Estado |

A Islândia poderá sacar 560 milhões de SDR (US$ 830 milhões) imediatamente depois da aprovação do acordo pela diretoria do FMI. A missão do FMI agora voltará a Washington para obter aprovação do acordo.

"Com o anúncio, hoje, de nossa intenção de cooperar com o FMI, a Islândia está agora em uma posição muito melhor para estabelecer uma base econômica e financeira saudável para nossa economia. Esse programa vai permitir que asseguremos financiamento e consigamos acesso ao conhecimento técnico necessário para estabilizar a krona islandesa (moeda local) e dar apoio ao desenvolvimento de um sistema financeiro mais saudável", afirmou o primeiro-ministro islandês, Geir H. Haarde.

A estabilização do câmbio é vista como essencial para que a inflação seja controlada no país e para a normalização das condições para negócios, particularmente no comércio exterior. Isso será conseguido com a reintrodução do sistema de câmbio flexível, apoiada por reservas cambiais fortes e o compromisso do Banco Central da Islândia em aplicar as medidas que forem necessárias.

Tendo em vista a depreciação relativamente grande da krona que já aconteceu e a prevista contração na demanda doméstica, uma valorização significativa da moeda islandesa deverá acontecer depois do período inicial da estabilização, que deverá, porém, ser marcado por uma volatilidade considerável do câmbio. As informações são da Dow Jones.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG