Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Iraque: exército americano libera cinegrafista da agência AP

Um cinegrafista iraquiano que trabalhava para o serviço de televisão da agência americana Associated Press (AP) foi colocado em liberdade neste sábado depois de quase três meses preso, indicou à AFP um porta-voz do Exército dos Estados Unidos.

AFP |

Ahmed Nuri Raziak, de 38 anos, foi detido em 4 de junho perto de sua casa, na cidade de Tikrit, a 180 km ao norte de Bagdá, e permaneceu detido em Camp Cropper, uma prisão militar americana perto do aeroporto de Bagdá.

Este é o segundo cinegrafista liberado pelo exército americano nos últimos dias após a liberação, quinta-feira, de Ali al-Machhadani, um iraquiano que estava trabalhando para a agência britânica Reuters.

Al-Machhadani foi detido em 30 de julho em um posto de controle de rotina na zona verde, o setor extremamente protegido do centro de Bagdá.

O exército americano pode manter preso por tempo indeterminado qualquer pessoa que considerar perigosa para a segurança.

sk/lm

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG