Tamanho do texto

O ministro iraquiano do Petróleo, Hussein al Shahristani, disse nesta sexta-feira que 80 dólares é um preço razoável pelo barril do petróleo, e destacou que seu país apoiará qualquer decisão da OPEP para reduzir a oferta.

"Um preço razoável para o petróleo é 80 dólares", disse Shahristani ao chegar ao Cairo para a reunião da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (OPEP), no momento em que o barril do ouro negro vale apenas 53 dólares.

"Temos que garantir que a produção é para o consumo, e não para ser armazenada".

"O Iraque apoiará a decisão da OPEP de cortar a produção, seja aqui (no Cairo) ou na Argélia", na reunião de 17 de dezembro, afirmou o ministro.

A OPEP realizará uma reunião informal no Cairo neste sábado, em meio à crescente pressão para um corte na oferta que detenha a queda dos preços, que já supera 60% desde julho passado.

Segundo a maioria dos ministros do cartel, a OPEP só deverá tomar uma decisão na reunião de Orã, na Argélia.

O Iraque não está submetido ao sistema de cotas de produção da OPEP.

oh/LR