Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Irã vê preço do barril do petróleo em torno de US$40 este ano

TEERÃ (Reuters) - O ministro do Petróleo do Irã, Gholamhossein Nozari, afirmou neste sábado que vê os preços do petróleo em cerca de 40 dólares o barril em 2009, sugerindo que Teerã não espera uma recuperação do mercado em breve. Nozari também afirmou que os produtores da commodity fora da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) não estavam cooperando com os cortes da produção para restituir a estabilidade do mercado, segundo a agência oficial de notícias Irna.

Reuters |

Os preços do petróleo nos EUA fecharam na sexta-feira em torno de 36,50 dólares o barril, mais de 110 dólares abaixo dos níveis de julho, à medida que o declínio econômico global atingiu a demanda por energia.

"Na opinião do Ministério do Petróleo, levando-se em conta previsões de vários institutos internacionais, a projeção dos preços do petróleo em 2009 ficará em cerca de 40 dólares", disse Nozari, de acordo com a agência IRNA.

Ele afirmou que o ministério propôs ao governo que o preço do petróleo fosse fixado neste nível no orçamento 2009/10, que começa a partir de março.

Ministros da Opep decidiram em dezembro cortar a produção em um recorde de 2,2 milhões de barris por dia (bpd), elevando a redução total para 4,2 milhões de bdp desde setembro, o equivalente a 5 por cento da oferta global.

Mas Nozari acrescentou que a produção dos países não-membros da Opep deve crescer em 600 mil bpd durante o ano.

"Sob essas condições os países que integram a Opep decidiram cortar a produção, mas os países não-membros do grupo não estão cooperando", disse o ministro do Irã.

Na manhã deste sábado, o diretor do Irã na Opep, Mohammad Ali Khatibi, afirmou que o grupo produtor deveria reduzir ainda mais a oferta para trazer equilíbrio ao mercado de petróleo, segundo a rádio estatal do país.

(Por Hashem Kalantari)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG