Teerã, 21 out (EFE).- O diretor da plataforma para a administração de transporte e combustível do Irã, o general Mohamad Ruyanian, afirma que o Governo precisa de US$ 2 bilhões para a compra da gasolina.

"Em 2006 o Irã tinha um déficit de US$ 12 bilhões para a compra da gasolina, no entanto, conseguimos baixar o déficit para US$ 2 bilhões", disse Ruyanian em declarações publicadas hoje pelo jornal "Sarmaye".

Além disso, o militar iraniano reforçou que a adequação foi resultado da "boa administração e da redução do consumo de gasolina".

"Esperamos poder reduzir a zero a importação de gasolina através da construção de uma nova instalação para a produção de gasolina nas refinarias de Abadan e com o início da primeira fase da refinaria do Golfo Pérsico antes do março de 2010", afirmou.

Ruyanian revelou que na refinaria do Golfo Pérsico será possível produzir diariamente 80 milhões de litros de gasolina. EFE msh/dm

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.