Teerã, 29 jun (EFE).- O ministro de Assuntos Exteriores iraniano, Manouchehr Mottaki, manifestou hoje que seu país não vai produzir de forma contínua combustível com urânio enriquecido a 20%.

Teerã, 29 jun (EFE).- O ministro de Assuntos Exteriores iraniano, Manouchehr Mottaki, manifestou hoje que seu país não vai produzir de forma contínua combustível com urânio enriquecido a 20%. "A produção de combustível com urânio enriquecido até 20% será feita a cada vez que for necessário", disse Mottaki durante uma entrevista na sede da agência pública de notícias "Irna" nesta manhã. Quanto às negociações do comunicado de Teerã, assinado entre os ministros de Assuntos Exteriores do Irã, Brasil e Turquia para a troca de combustível nuclear entre Irã e o denominado grupo de Viena, Mottaki indicou que o passo seguinte será fazer uma conversa para estas negociações. Mottaki acrescentou que os ministros de Assuntos Exteriores do Irã, Turquia e Brasil mantiveram conversas telefônicas durante as duas últimas semanas sobre uma próxima negociação cuja data "será anunciada em breve". Quanto às negociações com o grupo 5+1 (os cinco membros permanentes do Conselho de Segurança da ONU, mais Alemanha) Mottaki declarou que "é necessário que participem outros países nestas negociações para ter um leque mais amplo de ideias". EFE msh/dm

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.