O Irã afirmou nesta sexta-feira que apoiaria uma decisão de reduzir a produção da Organização de Países Exportadores de Petróleo (Opep) na reunião extraordinária do cartel em 29 de novembro no Cairo.

O representante do Irã na OPEP, Mohamad Ali Khatibi, confirmou a data da reunião no Egito e disse que a situação atual do mercado é preocupante.

"Diante da queda dos preços e da instabilidade do mercado, o Irã apóia um corte da produção", afirmou.

Desde a cotação recorde registrada em julho de 147 dólares, o barril de petróleo perdeu mais da metade do valor.

Na quinta-feira, o barril do tipo Brent chegou a ser negociado a US$ 50,60, o menor nível desde maio de 2005.

fpn/fp

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.