Tamanho do texto

O ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, disse ontem que a Embaixada do Irã no Brasil lhe apresentou um convite, há 15 dias, para que o Brasil passe a fazer parte da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep). Lobão explicou que o Irã, na condição de sócio da Opep, pode propor à organização a entrada do Brasil.

Destacou que o Irã é um membro importante da Opep e observou que o Brasil já é um país exportador de petróleo, ainda que em pequena escala.

Segundo o ministro, o convite será objeto de estudo do governo brasileiro. "Essa decisão não depende só de mim, mas do presidente Lula e do Conselho Nacional de Política Energética (CNPE)", disse ele. Quando a Petrobrás descobriu as reservas gigantes abaixo da camada de sal, Lula chegou a brincar sobre a entrada do País na Opep.