Teerã, 1 nov (EFE).- O presidente iraniano, Mahmoud Ahmadinejad, afirmou hoje que seu país teve o mínimo prejuízo com a crise econômica do Ocidente, já que tem uma economia baseada no mercado interno.

Segundo a agência semioficial iraniana "Fars", Ahmadinejad fez esta declaração durante uma reunião com o ministro de Exteriores do Brasil, Celso Amorim, que chegou hoje a Teerã para entregar uma mensagem do presidente Luiz Inácio Lula da Silva a Ahmadinejad.

Os sistemas existentes no mundo vão desaparecer e "devemos pensar juntos e nos esforçar em estabelecer novos sistemas", disse o líder iraniano.

Além disso, Ahmadinejad disse que países como o Irã e o Brasil precisam cooperar em um ambiente tranqüilo para fazer desaparecer os efeitos das economias colonizadoras.

Amorim expressou o interesse do povo e do Governo do Brasil na ampliação das relações com o Irã. EFE ms/ma

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.