SÃO PAULO - O Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S) expandiu-se 0,44% na abertura deste mês. Este foi o menor resultado desde a terceira semana de março de 2008, quando o índice registrou variação de 0,23%, apontou a Fundação Getulio Vargas (FGV) em nota distribuída nesta manhã. No fechamento de julho, a inflação foi de 0,53%.

Para este abrandamento, contribuiu especialmente o grupo Alimentação, que saiu de um avanço de 0,83% no fim de julho para 0,40% no começo deste mês. Influenciou no comportamento dessa classe de despesa a suavização no ritmo de alta dos preços do arroz e feijão, das carnes bovinas e dos laticínios assim como a queda mais marcada nos preços das hortaliças e legumes.

Verificaram também desaceleração na trajetória de crescimento entre a pesquisa passada e a atual os ramos Saúde e cuidados pessoais (0,69% para 0,61%), Despesas diversas (0,43% para 0,41%) e Educação, leitura e recreação (0,22% para 0,21%).

Em sentido contrário, subiram mais as taxas dos grupos Habitação, que foi de 0,59% no encerramento do mês passado para 0,70% neste estudo, e Transportes, com elevação de 0,21% ante o 0,19% do levantamento antecedente. Vestuário recuou 0,33% depois de queda de 0,54% no fim de julho, refletindo o comportamento do item Roupas (-0,92% para -0,55%).

(Valor Online)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.