Tamanho do texto

O Rio de Janeiro registrou deflação de 0,29% até 22 de julho, segundo levantamento da Fundação Getúlio Vargas

selo

O Índice de Preços ao Consumidor - Semanal (IPC-S) mostrou desaceleração de preços em quatro das sete capitais pesquisadas pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) para cálculo do indicador, na quadrissemana encerrada em 22 de julho, ante a prévia anterior, encerrada em 15 de julho. As capitais com desaceleração nas taxas, na passagem de uma prévia para a outra, tiveram comportamentos distintos.

Enquanto Salvador (de 0,16% para 0,05%) e Brasília (de 0,35% para 0,19%) registraram menor taxa de inflação, Belo Horizonte (de inflação de 0,11% para deflação de 0,08%) passou a registrar queda de preços. Já o Rio de Janeiro (de deflação de 0,17% para deflação de 0,29%) teve queda maior de preços no período.

Por outro lado, foram registradas deflação menor em São Paulo (de -0,23% para -0,13%) e no Recife (de -0,31% para -0,20%). Porto Alegre (de -0,02% para 0,04%) saiu de deflação para leve inflação no mesmo período. Na semana passada, a FGV divulgou o IPC-S da quadrissemana encerrada em 22 de julho, que registrou deflação de 0,14%, ante deflação de 0,13% na semana anterior.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.