Pequim, 10 mar (EFE).- O Índice de Preços ao Consumidor (IPC) da China caiu 1,6% em fevereiro, em comparação com o mesmo mês do ano passado, o que representa o primeiro recuo nos últimos seis anos, informou hoje o Birô Nacional de Estatísticas.

A marca é 2,6 pontos inferior ao dado recolhido em janeiro - quando teve alta de 1% - e se trata da primeiro número negativo desde dezembro de 2002, quando o IPC recuou 0,4%.

No entanto, o organismo oficial descarta que o país esteja passando por um risco de entrar em uma espiral de deflação.

O birô atribuiu a queda do IPC à crise econômica mundial e à queda do preço das matérias-primas.

A inflação registra em 2009 uma situação completamente diferente da do ano passado. Em 2008, a inflação se manteve em uma média de 5,9%, de um máximo de 8,7% - mais alto em 12 anos - alcançado em fevereiro, ao 1,2% anotado em dezembro.

Para 2009, Pequim marcou como objetivo uma inflação de 4%. EFE gmp/rr

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.