Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Investimentos externos de US$ 3,2 bi em julho confirmam previsão do BC

BRASÍLIA - A entrada de investimentos externos diretos líquidos no país foi de US$ 3,240 bilhões em julho, comunicou há pouco o Banco Central (BC). O resultado acabou dentro da previsão da autoridade monetária, de US$ 3,2 bilhões. No sétimo mês de 2007, houve ingresso de US$ 3,613 bilhões.

Valor Online |

De janeiro a julho de 2008, foi registrada entrada de investimentos externos de US$ 19,942 bilhões (2,46% do PIB), inferior aos US$ 24,466 bilhões de intervalo equivalente do ano passado (3,28% do PIB). A previsão do BC para este ano é de que o investimento estrangeiro direto atinja US$ 35 bilhões, marca próxima ao acumulado em 2007, quando alcançou recorde histórico de US$ 34,585 bilhões.

Nos 12 meses até julho, ingressaram US$ 30,061 bilhões, ou 2,18% do Produto Interno Bruto (PIB).

Os dados levam em conta também os empréstimos intercompanhias, aqueles feitos pela matriz da multinacional para a subsidiária brasileira. Além disso, abatem as remessas feitas por conta de ganho do capital investido.

A autoridade monetária notou que, do total ingressado em julho de 2008, US$ 2,667 bilhões foram participação no capital. Foram contabilizadas também entradas líquidas de US$ 573 milhões em empréstimos intercompanhias.

Houve saída de US$ 412 milhões de investimentos diretos de companhias brasileiras no exterior (IBD) em julho. Um ano antes, houve retorno de US$ 179 milhões. No acumulado de 2008, o IBD apresentou saída líquida de US$ 8,991 bilhões frente a retornos de US$ 3,604 bilhões nos sete primeiros meses de 2007.

(Azelma Rodrigues | Valor Online)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG