Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Investimento deve cair até 2,6%, prevê Sobeet

Depois de crescer por cinco anos consecutivos, o investimento total na economia brasileira vai dar uma freada em 2009 e deve fechar o ano com queda 2,6% na comparação com 2008, segundo projeções da Sociedade Brasileira de Estudos de Empresas Transnacionais e da Globalização Econômica (Sobeet). Entre investimento nacional e estrangeiro, público e privado, a entidade projeta que serão aplicados neste ano R$ 551,2 bilhões, ante os R$ 566 bilhões previstos para 2008.

Agência Estado |

Levantamento feito pelo jornal O Estado de S. Paulo revela que pelo menos quatro grandes setores da indústria - eletroeletrônicos, alimentos, mineração e máquinas e equipamentos - cortaram ou adiaram entre 5% e 30% o volume de recursos que seria aplicado em aumento da capacidade de produção e em novas fábricas neste ano na comparação com 2008. Outros setores chaves da economia, como a construção civil, papel e celulose, siderurgia e a indústria química, admitem que as cifras programadas em 2009 serão reavaliadas, mas ponderam que o cenário ainda é incerto para fazer projeções.

“A crise está afetando a parte mais nobre do crescimento econômico, que é o investimento”, diz o presidente da Sobeet, Luís Afonso Lima, responsável pelas projeções. Em seus cálculos, ele leva em conta uma taxa básica de juro real de 6,2% ao longo do ano, a evolução do Índice de Confiança da Indústria apurado pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) e a própria série histórica do investimento.

Lima ressalta a importância do investimento porque é ele que dá o ritmo de crescimento da economia para os anos seguintes. Para este ano, ele projeta aumento de 2% para o PIB. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG