Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Investidores que perderam com Madoff processam Santander

SÃO PAULO - Clientes do banco espanhol Santander entraram com ações judiciais coletivas contra o banco por conta de perdas que tiveram com investimentos em fundos geridos pela instituição, mas que aplicavam parte dos recursos na empresa de Bernard Madoff, acusado de ter montado um esquema fraudulento de pirâmide financeira que teria causado prejuízos de US$ 50 bilhões pelo mundo.

Valor Online |

As ações foram registradas em um tribunal do estado norte-americano da Flórida pelos escritórios de advocacia Cremades & Calvo-Sotelo e Labaton Sucharow. Segundo agências internacionais, entre os clientes que subscreveram a ação estão a empresa chilena Mar Octava Limitada e o investidor argentino Marcelo Guillermo Testa.

No processo, eles alegam que o Santander prestou "falsas declarações sobre sua diligência e supervisão" das aplicações. Eles argumentam que os valores pagos em taxas de administração deveriam cobrir o serviço de fiscalização sobre onde o dinheiro era investido.

Além do banco espanhol, são citados na ação também as empresas Optimal Investment Services (braço de hedge fund do banco), PriceWaterhouseCoopers, responsável pela auditoria do fundo, e duas unidades do HSBC, que atuavam como custodiantes e administradores do veículo de investimento oferecido pelo Santander a seus clientes.

O banco admitiu que investidores que aplicavam no fundo Optimal tiveram perdas de 2,33 bilhões de euros em suas aplicações.

Leia tudo sobre: madoff

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG