SÃO PAULO - Os contratos futuros de petróleo fecharam em alta nos pregões das bolsas de Londres e Nova York. Os investidores acreditam que a Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep), vai determinar um corte na cota de produção diária.

Com essa perspectiva, o barril do tipo WTI negociado em Nova York para novembro subiu US$ 2,40, a US$ 74,25, e o para entrega em dezembro fechou a US$ 74,39, com alta de US$ 2,26.

Em Londres, o Brent para dezembro de 2008 terminou a US$ 72,03, com elevação de US$ 2,43. O contrato de janeiro do próximo ano saiu a US$ 73,56, com acréscimo de US$ 2,37.

A Opep realiza reunião extraordinária nesta sexta-feira, dia 24. A expectativa é de que o grupo diminua sua produção, uma vez que o preço do barril já caiu 50% desde julho, com a piora da crise financeira internacional.

O presidente do cartel, Chakib Khelil, disse a agências internacionais que a intenção é estabilizar o preço da commodity em patamares nem tão altos e nem tão baixos, em algo entre US$ 70 e US$ 90.

(Valor Online, com agências internacionais)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.